fbpx

Nova ferramenta BIM para o projeto de sistemas VRF da Bosch

Nova ferramenta BIM para o projeto de sistemas VRF da Bosch

La imagen tiene un atributo ALT vacío; su nombre de archivo es mockup_bosch_logos-1024x683.png

O diretor de vendas da zona centro-sul da Bosch Termotecnia España, para aquecimento e ar condicionado comercial, Antonio Barrón, analisa esta nova solução disponível no BIMserver.center.

O BIMserver.center incorporou a aplicação Open BIM BOSCH para conceber sistemas de ar condicionado do tipo VRF (Variable Refrigerant Flow) da Bosch, num fluxo de trabalho OPEN BIM. Com esta ferramenta, o técnico tem a facilidade de projetar com as características e rendimentos dos seus sistemas de climatização. O programa, que foi desenvolvido pela CYPE, foi oficialmente apresentado num webinar, dado em espanhol, que pode ser visto no seguinte link.

Falámos sobre este programa e outras questões atuais com Antonio Barrón, diretor de vendas da área centro-sul para aquecimento e ar condicionado comercial da Bosch Termotecnia España, que salienta que a nova aplicação para a conceção da gama VRF da Bosch Comercial-Industrial é a primeira que tem a marca mencionada adaptada ao fluxo de trabalho Open BIM e está operacional para Espanha e Portugal

“A principal vantagem do Open BIM BOSCH é que se baseia em formatos de intercâmbio standard abertos e públicos (IFC)”, enfatiza Barrón, ao mesmo tempo que valoriza que os utilizadores desta aplicação terão o benefício de “o conteúdo do projeto BIM não estar ligado a nenhuma aplicação ou programa específico”.

Este ponto entronca com uma das tendências que o sector está a experimentar, na qual os técnicos têm de projetar “num fluxo de trabalho colaborativo, multidisciplinar e multi-utilizador, para desenvolver os projetos de forma aberta, coordenada e simultânea”, algo que é possível graças à metodologia BIM.

Concebido para facilitar o projeto, cálculo e modelação BIM dos sistemas Bosch VRF nas suas gamas Air Flux e MDCI, o programa ajudará os utilizadores a “selecionar o sistema mais adequado para maximizar a eficiência energética do edifício e reduzir a probabilidade de cometer erros”, diz Antonio Barrón.

Quanto à eficiência energética, Barrón está consciente da importância que esta tem e terá no sector da arquitetura, engenharia e construção, pelo que destaca o esforço realizado pela Bosch ao desenvolver e criar “tecnologias cada vez mais limpas e promover a renovação de sistemas ineficientes para outros mais eficientes que favoreçam a descarbonização”.

Nesta linha, destaca-se o lançamento do Air Center Control, um novo controlo centralizado, de última geração, da gama Air Flux que, garantindo um elevado nível operacional de segurança, confiança e conforto, permite o controlo de até 64 unidades interiores e 8 sistemas. De forma extensível e com um acessório adicional, pode gerir até 256 unidades interiores e 32 sistemas.

mm
Partilhar

Mais artigos

Use Case: Projetos de infra-estruturas de telecomunicações (ITED-ITUR)

A fim de tirar partido da metodologia de trabalho Open BIM, define-se um fluxo de trabalho para os projetistas de infra-estruturas de telecomunicações em edifícios (ITED) e em loteamentos, urbanizações e conjuntos de edifícios (ITUR). O objetivo deste fluxo de trabalho é estabelecer as fases para aproveitar ao máximo o trabalho previamente realizado, a fim de desenvolver os projetos de forma eficiente.