fbpx

Chaves para a industrialização do sector de construção – BIM Podcast #026

Compartilhar link:

Ángel Herrero, diretor de Desenvolvimento da CYPE, fala sobre como o BIM ajuda a ter modelos de precisão que melhoram a modelação dos edifícios e permitem projetar edifícios com maior qualidade, permitindo a verdadeira industrialização da construção.

Para nós, BIM significa a industrialização da construção. Os profissionais querem que os edifícios sejam fabricados em vez de construídos. Estamos explorando fluxos de trabalho que facilitem essa tão desejada industrialização do sector

Ángel Herrero Castaño

Diretor de Desenvolvimento da CYPE

O Diretor de Desenvolvimento da CYPE, Ángel Herrero, participou do vigésimo sexto episódio de BIMpodcast onde explicou o trabalho interno de desenvolvimento e filosofia da empresa, em relação à metodologia BIM. A este respeito, explica que o objetivo do CYPE é que o utilizador obtenha sempre vantagens competitivas com as novas aplicações da marca tanto ao nível da rentabilidade do trabalho como da visualização dos resultados, aproveitando as oportunidades geradas pelas novas tecnologias.

“Para nós, BIM significa a industrialização da construção”, enfatiza Ángel Herrero, que assinala “os profissionais querem que os edifícios sejam fabricados em vez de construídos”. Algo que para o responsável da CYPE é viável porque a tecnologia existe e por isso ” estamos explorando fluxos de trabalho que facilitem essa tão desejada industrialização do sector”.

Para conseguir os fluxos de trabalho mais adequados, a CYPE tem em consideração, graças à sua vasta experiência no desenvolvimento de software técnico em várias disciplinas, as necessidades dos próprios projetistas, estas estão a proporcionar o desenvolvimento de ferramentas para que cada disciplina alcance maior eficiência e maior coordenação entre os diferentes agentes, através de uma plataforma como o BIMserver.center.

“Pensamos que é muito importante dar aos especialistas, ferramentas específicas onde não existam áreas complicadas, especialmente num sector como o nosso onde existe responsabilidade civil”

Em relação à sua visão de futuro e sabendo que grande parte dos técnicos do sector continuam a trabalhar em CAD, o Diretor de Desenvolvimento da CYPE antevê que o sector acabará por implementar a tecnologia BIM desde que seja amigável, facilite o trabalho e que permita obter resultados transformadores no sector. Um trabalho de prescrição em que é necessário progredir aos poucos, demonstrando aos técnicos que as novas soluções podem permitir-lhes trabalhar melhor e introduzir as mudanças tecnológicas e de trabalho em equipa tão necessárias na arquitetura, engenharia e construção atuais.

“O futuro que todos queremos alcançar é aquele em que temos modelos muito precisos para que os erros que se cometem nas obras sejam reduzidos e, claro, torne o nosso sector muito mais tecnológico. Do meu ponto de vista, é imparável a tendência para o trabalho em equipa e o trabalho na nuvem com modelos de precisão de forma efetiva”, refere Ángel Herrero.

A importância dos modelos de precisão

Para conseguir a industrialização da construção, é essencial trabalhar com modelos muito precisos. É daqui que surge um outro grande desenvolvimento da CYPE: os Open BIM Systems. A este respeito, Ángel Herrero assinala na entrevista que os Open BIM Systems “nasceram para preencher uma lacuna no mercado e com isso alcançar realmente a industrialização da construção“. Estes programas são ferramentas pós-projeto com as quais se realiza a «materialização da passagem de especificações de objetos para objetos reais com dados de catálogos dos fabricantes».

“Porque os Open BIM Systems são concebidos para satisfazer os requisitos de um projeto, é viável fazer a tão necessária ligação entre as bases de dados do fabricante e os próprios requisitos de fabricantes (materiais e equipamentos) para um projeto real”, explica Ángel Herrero, quem também prevê que num futuro, a médio prazo, todas as empresas que produzem equipamentos, serviços ou materiais para obra necessitarão de Open BIM Systems, uma vez que a única forma de fazer um modelo de precisão é ter um catálogo do fabricante nas mãos, ter acesso aos requisitos do projeto e utilizar as ferramentas especializadas dos fabricantes”.

Incorporação de novas tecnologias

Desta forma, o principal resultado tangível da utilização do BIM será a obtenção de maior precisão na modelação dos edifícios, o que permitirá projetar edifícios com mais qualidade e possibilitará também a incorporação de novas tecnologias num sector que ficou atrás de outros em termos de utilização de soluções inovadoras, tais como Realidade Aumentada, Realidade Virtual, visualização de modelos gráficos, … “Acredito que no futuro a forma de comunicação entre profissionais será digital e o BIM irá ajudar-nos”, refere na entrevista Ángel Herrero.

Durante a entrevista, Ángel Herrero destaca o facto de que o ecossistema que a CYPE está a criar incorpora tecnologias do sector da construção, mas também de outros sectores, como o sector da informática, que permitem dar um valor acrescentado aos utilizadores que de outra forma não seria possível ou seria muito complicado. Assim, dá o exemplo da utilização do formato glTF, um padrão da indústria informática que permite a visualização em 3D e em Realidade Aumentada dos projetos alojados no BIMserver.center..

“A utilização deste formato tem a vantagem de todos verem o mesmo no modelo, algo que é muito importante, uma vez que dá a garantia de durabilidade dos resultados dos projetos e isto é algo que outros formatos da indústria da construção não oferecem e que o glTF oferece”

Para terminar, Ángel Herrero falou do novo programa CYPE Architecture para a modelação arquitetónica 3D sem restrições geométricas e que está disponível na plataforma. Esta aplicação é uma evolução do IFC Builder e “é uma aposta estratégica da CYPE porque oferecemos aos nossos utilizadores um modelador poderoso e gratuito” graças ao qual poderão ligar-se a outras aplicações para preparar modelos com os quais poderão realizar a simulação energética e o cálculo de ar condicionado, medições e orçamentos, análise de colisão, extração de peças desenhadas e documentação gráfica, bem como a geração de memórias sem necessidade de utilizar software de terceiros.

mm
Compartilhar link:
mm

The BIMserver.center Team

O BIMserver.center Team é um grupo de especialistas que se dedicam a diferentes áreas do setor da engenharia, arquitetura e construção. Juntos, eles discutem, promovem e disseminam a tecnologia Open BIM pelo mundo.

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *