fbpx

6 ferramentas para combinar com CYPE Architecture e potencializar seu fluxo de trabalho

Share this:

O recente lançamento da versão 2021 do CYPE veio repleto de novidades e ampliou muito as possibilidades dos projetistas que buscam um fluxo de trabalho 100% Open BIM. O novo CYPE 2021 traz novas ferramentas de projeto, fabricação e especificação de produtos, entre eles se destaca o novo CYPE Architecture, a nova ferramenta de modelagem arquitetônica da CYPE.

Conheça o CYPE Architecture

O CYPE Architecture foi lançado para ocupar a posição de “primeira ferramenta de um fluxo de trabalho em BIM”, uma área que a CYPE vem investindo e desenvolvendo bastante nos últimos anos. A ferramenta, que conta com diferentes utilidades que flexibilizam e aumentam as possibilidades do processo de modelagem arquitetônico em BIM é disponibilizada gratuitamente pela desenvolvedora através do BIMserver.center.

A conexão com BIMserver.center

Assim como as demais ferramentas da CYPE, o CYPE Architecture conta com um menu exclusivo de conexão com a Plataforma BIMserver.center, que será utilizado para enviar e receber informações através de arquivos com formatos abertos tais como IFCs, GLTFs, BC3s e DXFs. Um modelo arquitetônico criado no CYPE Architecture poderá ser exportado ao BIMserver.center e a partir deste ponto, poderá ser combinado com outras ferramentas da CYPE (e de outros desenvolvedores) no desenvolvimento do projeto Open BIM.

Neste sentido, listamos seis ferramentas, que quando utilizadas com CYE Architecture, podem potencializar o projeto Open BIM:

Prescrição e redação de memoriais descritivos

Lançado na release 2020.f do CYPE, o Open BIM Constructions Systems é uma ferramenta destinada a definir as características técnicas correspondentes às soluções de construção que compõem o sistema de compartimentos interiores e envolventes do edifício.

Através desta ferramenta, poderemos adicionar mais dados aos elementos construtivos do modelo BIM criado no CYPE Architecture, incluindo:

  • Descrição geral das soluções que definem a tipologia e propriedades dos elementos construtivos.
  • Definição das camadas que compõem o sistema construtivo, indicando a espessura, os materiais e suas propriedades.
  • Estabelecer uma relação entre as soluções construtivas e os elementos do modelo arquitetônico BIM, de modo que os memoriais do projeto poderão ser desenvolvidos à partir desta informação.

Geração de modelos analíticos

Em 2020 a CYPE lançou o Open BIM Analytical Model, que é capaz de interpretar modelos BIM em IFC provenientes de diferentes softwares de modelagem e, uma vez que alguns parâmetros simples (caracterização básica de elementos construtivos e definição de ambientes) tenham sido incluídos neste modelo arquitetônico em IFC, será capaz de gerar um modelo analítico refinado e ajustado às necessidades de diferentes simulações.

A modelagem arquitetônica realizada no CYPE Architecture é compatível com o Open BIM Analytical Model e é sem dúvidas um passo intermediário para aqueles profissionais que queriam realizar análises térmicas usando ferramentas da suíte CYPETHERM ou análises acústicas usando o Acoubat by CYPE.

Modelo arquitetônico
Modelo analítico

Clash detection e coordenação do projeto

Sem dúvidas uma das grandes vantagens da tecnologia BIM é a realização de análises do tipo “clash detection” para identificar incoerências, duplicidades, interferências e compatibilizar os projetos. O Open BIM Model Checker, sem dúvidas, é uma ferramenta muito interessante que é compatível com as aplicações disponíveis na plataforma BIMserver.center e perquite que diferentes análises possam ser realizadas combinando dois ou mais arquivos IFC.

Os IFCs gerados através do CYPE Architecture, podem ser enviados à plataforma BIMserver.center, e á partir deste ponto, poderão ser incluídos em análises de clash detection do Open BIM Model Checker, junto com outros IFCs de outras disciplinas do projeto.

Extração de desenhos à partir do modelo BIM

Muito embora o CYPE Architecture inclua um completo sistema de criação de vistas, onde é possível criar plantas, seções, elevações e vistas 3D, ele não é a ferramenta mais adequada para a criação dos desenhos finais do projeto.

Através da conexão do CYPE Architecture com o BIMserver.center, o modelo arquitetônico poderá ser sincronizado com o Open BIM Layout, uma ferramenta gratuita, lançada pela CYPE, para a confecção dos desenhos à partir de um ou mais arquivos IFCs.

Orçamentação à partir de modelos BIM

Outra grande vantagem que a tecnologia trouxe aos nossos fluxos de trabalho é a possibilidade de realizar medições e orçamentos à partir da geometria e informações previamente definidas no modelo BIM. Neste sentido, a ferramenta mais adequada para a realização de orçamentos à partir de um modelo BIM desenvolvido no CYPE Architecture é o Open BIM Quantities.

O Open BIM quantities é uma ferramenta que é capaz de interpretar modelos em IFC para realizar a extração das quantidades dos diferentes elementos modelados através dos parâmetros de quantidade do próprio standard (BaseQuantities por exemplo). As quantidades do modelo BIM podem ser correlacionadas com itens provenientes de bancos de dados (que também podem ser criados no programa) de modo que o orçamento será realizado a partir de tais correlações.

Visualização de modelos em realidade aumentada e realidade virtual

Outro recurso interessante viabilizado pela implementação da tecnologia BIM em escritórios de arquitetura e engenharia é a possibilidade de representar tais modelos em realidade aumentada e/ou realidade virtual.

No caso do CYPE Architecture, em qualquer momento, independente do estado de desenvolvimento do projeto, a sua geometria poderá ser visualizada em AR ou VR através das ferramentas BIMserver.center AR e BIMserver.center VR. Para que isso seja possível, basta manter o projeto sincronizado com a plataforma BIMserver.center.

Visualização de esboços e modelos

Uma das principais características do CYPE Architecture é a sua dualidade “esboço-arquitetura”, que flexibiliza muito o processo de modelagem arquitetônica. Numa fase inicial do projeto, quanto ainda estamos tratando de definir as formas e disposições arquitetônicas do edifício (utilizando a ferramenta de esboço para isso) poderia ser interessante exportar este esboço ao ao BIMserver.center para visualiza-lo em escala real em AR/VR no possível local de construção.

A visualização em AR em escala real de um esboço considerando as diferentes possíveis formas e geometrias de um edifício, numa fase ainda inicial de projeto, poderia ajudar bastante no processo de tomada de decisões e possivelmente nos daria mais dados antes de proceder a uma modelagem mais detalhada da edificação.

mm
Share this:
mm

Afonso Solak

Afonso Solak é Mestre e Doutorando em Engenharia Civil, entusiasta do mundo BIM e no tempo livre se dedica a explorar destinos "fora da rota tradicional" com uma mochila nas costas e uma câmera na mão.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *